Consultoria Financeira Empresarial • (11) 96852-6705(11) 95967-1687(11) 98138-6040
Dicas, Serviços

Como analisar o fluxo de caixa?

09/03/2022

A palavra-chave para o sucesso de um negócio é fluxo de caixa, afinal, essa ferramenta mostra como é a relação entre receitas e despesas de um negócio, trazendo uma visão mais apurada da situação financeira, embasando as tomadas de decisões. Pergunte a si mesmo se acha que controla o fluxo de caixa da sua empresa. É importante saber disso, porque a maioria dos empreendedores acredita que está controlando o fluxo de caixa por ter uma impressão falsa dessas informações. Muitos acreditam que se trata apenas da data de vencimento dos valores que entram e saem, o que não é verdade.

Esse olhar por cima causa a falsa sensação de que existe dinheiro em caixa, levando o empreendedor a acreditar que está lucrando muito. Além de que pode mascarar a real situação financeira da organização, que pode não estar muito bem, na verdade, aparentando outra realidade. A partir disso, o gestor começa a tomar decisões embasadas em uma situação que não existe, o que pode colocar em risco a continuidade dos negócios.

Por isso, neste artigo, vamos explicar o que é fluxo de caixa, os impactos que ele proporciona em curto e médio prazo e como analisá-lo do jeito certo. Confira!

Dicas para uma boa análise do fluxo de caixa

Agora que você já sabe qual é o conceito de fluxo de caixa, saiba como ele deve ser analisado para garantir a saúde financeira da organização. Para isso, é fundamental investir nas seguintes práticas:

1 – Análise vertical

A análise vertical do fluxo de caixa nada mais é do que a avaliação das informações que você tem de cima para baixo ou de baixo para cima.

Por meio dela, a impressão de boleto a pagar é mais assertiva porque o gestor consegue verificar em quais totais o volume de receitas e despesas se concentra em grande volume.

2 – Análise horizontal

A análise horizontal, por sua vez, possibilita comparar resultados do indicador, no que diz respeito a períodos anteriores. Ou seja, ele possibilita que você faça um estudo de períodos, para assim ver se houve evolução de contas a receber ou a pagar, dentro de determinado período, que pode ser mensal, diário ou semanal.

Com base nas informações oferecidas por essa análise, torna-se mais simples perceber e definir quais são as tendências financeiras para melhorar o planejamento do negócio.

3 – Análise planejada x realizada

Também é possível fazer uma análise planejada x realizada, algo fundamental para saber se a empresa está alcançando suas metas e objetivos.

Para qualquer companhia, como uma empresa de arquitetura e reforma, é normal notar que existem alguns desvios sempre o planejamento e o que vem sendo realizado.

Você só precisa ficar alerta quando perceber que esses desvios estão levando a um descontrole. Se isso estiver acontecendo com a sua empresa, é muito importante investir em ações que ajudem a retomar o que foi planejado.

Para fazer essa análise do jeito certo, é possível criar uma coluna para comparar os resultados planejados com os resultados obtidos.

Impactos positivos dessa ferramenta

Em curto e médio prazo, o fluxo de caixa pode trazer uma série de impactos positivos para os negócios. Apesar de, a princípio, parecer algo simples e básico, estamos falando de uma ferramenta essencial e que você precisa dar a devida importância. Isso porque, principalmente se for devidamente analisado, o fluxo de caixa pode trazer uma série de vantagens, como:

Evitar gastos desnecessários

O fluxo de caixa oferece uma visão panorâmica do quanto a empresa está recebendo e gastando em determinado período. É assim que uma firma de aluguel de sala privativa pode otimizar o uso de seu capital em todos os investimentos que fizer.

Também é comum que alguns gastos diários sejam pequenos, mas ao longo do mês, podem se transformar no principal responsável pelos problemas financeiros do negócio e por impedir que ele cresça.

Esta ferramenta também ajuda a reduzir e otimizar os investimentos, e consequentemente, a organização terá mais dinheiro para investir naquilo que realmente importa.

Por exemplo, se você notar que está tendo muitos gastos com energia elétrica, pode desenvolver maneiras de trabalhar que reduzem o consumo de eletricidade.

Mantém as contas em dia

Se tem algo que desespera qualquer empreendedor ou gestor é ver as contas se acumulando ao longo do tempo. Elas podem trazer muita dor de cabeça para o negócio, por isso, é fundamental pagá-las sempre em dia.

Por meio do fluxo de caixa, um fabricante de brindes personalizados consegue evitar erros comuns, como a emissão de notas fiscais com cálculos divergentes, que podem colocar em risco o equilíbrio da administração e levar a confusões. É o fluxo de caixa que vai equilibrar as obrigações fiscais e trazer mais satisfação e comprometimento com os clientes. Assim, o setor contábil da organização irá lançar notas fiscais com cálculos coerentes, além de ter mais precisão nos cálculos diários do negócio.

As tomadas de decisão se tornam mais assertivas

O fluxo de caixa é uma ferramenta indispensável para projetar e prever o futuro, em relação aos lucros e prejuízos que a empresa pode ter.

Ele também costuma ser bastante utilizado para calcular alguns indicadores-chave da organização. Com isso, uma companhia que presta serviços de cabeamento consegue tomar boas atitudes e mensurar seus resultados.

Também não podemos nos esquecer do fato de que a companhia é capaz de realizar suas estratégias, tendo como base uma tomada de decisão mais eficiente.

Por exemplo, se depois de uma mudança de preço percebeu-se que a demanda aumentou consideravelmente, pode mudar suas estratégias e desenvolver melhor sua empresa, fazendo com que ela se destaque e atraia mais clientes.

Melhora o ritmo de crescimento

Não é porque você está vendendo mais que também está lucrando mais, uma vez que o lucro de uma organização pode ser mensurado por meio de suas condições financeiras, e é o fluxo de caixa que se responsabiliza pela verificação desses números. Se um estabelecimento que possui uma boa fachada de loja feminina acompanha esses números, poderá checar seu crescimento e diagnosticar problemas de modo mais assertivo.

Assim sendo, se o seu negócio vende muito, mas não tem um bom lucro financeiro, o fluxo de caixa poderá mostrar onde está o problema.

Evita problemas financeiros no futuro

Além de trazer impactos positivos de curto e médio prazo, o fluxo de caixa também beneficia a organização em longo prazo.

Algo fundamental para qualquer corporação é planejar as contas a serem pagas, bem como seus recebimentos. É dessa forma que ela garante uma boa saúde financeira e evita os juros provindos de pagamentos vencidos.

Uma empresa que trabalha e analisa adequadamente o seu fluxo de caixa está sempre preparada para imprevistos, o que evita problemas financeiros de grandes proporções no futuro.

Agende uma conversa e comece a ter profissionais trabalhando para o seu sucesso.