Consultoria Financeira Empresarial • (11) 96852-6705(11) 95967-1687(11) 98138-6040
Dicas, Serviços

Gestão Financeira Para Pequenas Empresas – Como Realizar?

15/12/2021

A implementação de gestão financeira para pequenas empresas é o que seu negócio precisa para obter êxito!

O crescimento de uma empresa depende de uma série de fatores que, quando bem geridos, garantem a evolução. Dessa forma, quando você, empresário de uma pequena empresa, pondera sobre as estratégias viáveis para aplicar em prol do crescimento empresarial, é preciso considerar toda a série de fatores que influenciam em seu negócio.

Dentre esses fatores, um que é crucial para toda pequena empresa é a gestão financeira, sendo esse um pilar para que diversos outros aspectos possam ser bem cuidados. Sabendo disso, preparamos este artigo para tratar sobre gestão financeira para pequenas empresas, mostrar a importância dela e como implementá-la adequadamente.

Gestão financeira para pequenas empresas – qual a importância?

A gestão financeira consiste em um conjunto de ações voltadas a potencializar o desempenho financeiro do negócio, com o intuito de consolidar a saúde financeira e promover um crescimento contínuo e sustentável. Ou seja, consiste em planejamento, aplicação de estratégias e análise de resultados – isso com o objetivo de promover:

  • Menores custos;
  • Máxima lucratividade;
  • Investimento vantajosos;
  • Crescimento empresarial.

Portanto, a gestão financeira para pequenas empresas é um alicerce para que seja possível promover um desenvolvimento expressivo que vai gerar resultados cada vez melhores e, consequentemente, o crescimento da empresa. Sem uma gestão financeira, a sua empresa fica exposta a uma série de riscos que pode prejudicá-la significativamente, como:

  • Caixa no vermelho;
  • Dívidas;
  • Não cumprimento das contas a pagar;
  • Falência.

Nenhum(a) empresário (a) deseja que esses pontos se tornem uma realidade em seus negócios, o que só pode ser evitado com a aplicação de uma gestão financeira para pequenas empresas eficiente. Justamente por isso, vamos falar sobre pontos cruciais para se implementar uma gestão financeira eficiente e garantir um futuro promissor para o seu negócio.

Como implementar uma gestão financeira eficiente?

Agora que já evidenciamos os principais aspectos que demonstram a importância de prezar por uma gestão de excelência, é crucial saber por onde começar a colocar em prática os processos de gestão. Afinal, para que a gestão financeira da sua empresa seja um alicerce sólido, é preciso saber como garantir que tudo esteja em dia, por meio de processos que viabilizam uma saúde financeira ao seu negócio. Por isso, vamos falar sobre esses processos a seguir.

Mapeamento financeiro da empresa

A única forma de saber quais são as defasagens e oportunidades financeiras da sua empresa é por meio de um mapeamento preciso. Essa é a primeira etapa para se ter um diagnóstico da atual realidade, de forma que você tenha um ponto de partida para começar a implementar uma gestão financeira estratégica e eficiente.

Dentre todos os processos necessários para a aplicação de uma boa gestão financeira, o início pelo mapeamento é importante sobretudo porque a efetividade da sua gestão irá depender do quão adequada à realidade do seu negócio ela é. E para que essa adequação seja impecável, o mapeamento financeiro é indispensável.

Planejamento financeiro

Tendo um efetivo mapeamento realizado, é hora de partir para o planejamento. É importante planejar apenas depois de mapear, porque, assim, você projeta um planejamento pautado na atual realidade do negócio, ou seja, todas as possibilidades de ações serão realmente aplicáveis.

O planejamento é a base inicial para uma gestão financeira, pois é aqui que você irá verificar o que é viável de ser realizado na empresa. Quanto mais completo for o seu planejamento financeiro, melhores os resultados obtidos.

Aplicação de estratégias

Com um planejamento bem consolidado, é o momento de aplicar todas as estratégias viáveis para a realidade do seu negócio, acompanhando e metrificando os resultados. Dessa forma, você coloca em prática todas as possibilidades de melhorias e consegue começar a obter retorno positivo, o que irá viabilizar a aplicação de estratégias cada vez mais assertivas. É de extrema importância manter um acompanhamento da aplicação de estratégias, para verificar se estão de fato sendo benéficas ou se precisam de ajustes para gerar o retorno que você espera para a empresa.

Metas a curto, médio e longo prazo

Esse processo é uma extensão do planejamento, contudo, merece um tópico específico devido à sua importância. As metas são o que você irá se comprometer a fazer a fim de que sua empresa alcance, por meio de estratégias, engajamento dos colaboradores e aproveitamento das oportunidades do mercado.

Sendo assim, é fundamental estabelecer metas das mais simples – que fazem toda a diferença -, até às mais difíceis, mas possíveis. Por isso, é importante ter metas a curto, médio e longo prazo, de acordo com a realidade que você mapeou em seu negócio.

Agende uma conversa conosco e comece a ter profissionais trabalhando para o seu sucesso