Metodologia do francês méthodologie, do grego μεθοδολογία, do latim Proceditur, do alemão Methodik…

Ontem, estava no almoço com um cliente quando ouvi uma frase que assombra a maioria dos empresários – “Preciso implantar uma Metodologia XYZ na minha empresa para tornar meus processos mais eficazes e reduzir o custo”.

Em um dos seus comentários o cliente disse que em uma conversa com outro empresário falavam como grandes empresas exigiam dos profissionais da área de processo vários tipos de certificação nas metodologias existentes no mercado.

Neste momento, percebi que mais uma vez, a necessidade de uma METODOLOGIA COMERCIAL estava assombrando mais um empresário. Cheguei até mesmo a ouvir que: “O negócio está fadado ao fracasso caso não implantasse a METODOLOGIA XYZ”.

Isso me fez voltar a alguns anos atrás, quando eu estava começando minha carreira profissional e fui apresentado para o RUP, UML, OOP, etc… e eu como todo bom profissional em inicio de carreira me afundei em literaturas especializadas e virei um verdadeiro profissional destas METODOLOGIAS. Isso me fez, por diversas vezes ter que adaptar os processos, sistemas e fluxos operacionais para suportarem a METODOLOGIA.

Por incrível que possa parecer em alguns momentos o trabalho era quase TRIPLICADO, somente para seguir os “padrões” solicitados pelas METODOLOGIAS COMERCIAIS.

Os anos se passaram e meu envolvimento com a estratégia dos clientes não permitiram me afastar das 3 letrinhas que sempre me assombraram….OSM, BPM, PCI, PMI, ITL. Trabalhei em 3 consultorias de renome internacional e nestas consultorias também fui apresentado a diversas outras metodologias proprietárias que utilizavam conceitos muito parecidos em sua essência.

Voltando a conversa de ontem, fiquei pensando sobre o tema e me causou uma certa indignação o desenrolar da conversa, já que um empresário bem-sucedido até o momento e que tem se inovado e adaptado seu negócio constantemente criando, conduzindo e implantando processos e melhorias conclua “que é essencial a implantação da METODOLOGIA XYZ para a continuidade de seu negócio”.

As METODOLOGIAS COMERCIAIS são criadas para resolver os problemas de processos e custos de uma maneira genérica e isso muitas vezes é desgastante e tende ao fracasso.

Temos como grande exemplo na área de sistemas uma tentativa muito parecida na solução genérica dos problemas: um ERP (3 letras) famoso como o SAP (3 letras) que em seu momento de criação foi desenvolvido por 5 engenheiros da IBM para uma indústria de vidros, que atendia desde o momento da compra da matéria-prima até a contabilização final das vendas. Este sistema era revolucionário e a partir de uma visão mais prolongada do que o horizonte na indústria de vidros, tornou-se uma febre mundial. É inegável o poder deste sistema, mas também é inegável a transformação que diversas empresas tiveram que passar para a adequação de seus processos, fluxos e aumento de equipes ou de investimentos.

E isso me intriga, será que a cultura das empresas deve se adaptar a metodologias ou sistemas a qualquer custo para mantermos um padrão, ou podemos utilizar das melhores praticas de cada uma delas e criarmos algo diferente e mais próximo à cultura da empresa.

Quando criamos a OutBox, também criamos nossa METODOLOGIA de trabalho, mas não para implantar em nossos clientes e sim para nos permitir descobrir o melhor das metodologias existentes que se adaptem a cultura dos nossos clientes. Uma metodologia que entenda a cultura da empresa e respeite acima de tudo o “modus-operandi” ideal para o seu negócio.

Respondendo à pergunta inicial deste texto, na nossa opinião, SIM uma metodologia é necessária e sempre será a solução para otimização de processos e redução de custos, porém uma Metodologia própria que segue a pratica de varias metodologias comerciais.

Construir uma Metodologia proprietária não é uma tarefa fácil, mas com certeza é a melhor de todas as METODOLOGIAS que podem ser implantadas.