Consultoria Financeira Empresarial • (11) 96852-6705(11) 95967-1687(11) 98138-6040
Dicas

Plano Financeiro: como ele faz a diferença durante a crise?

03/08/2021

O que é um Plano Financeiro?

A definição de Planejamento Financeiro diz que ele estabelece os caminhos para que os objetivos financeiros sejam alcançados, sendo assim uma declaração dos próximos passos da empresa.

Trata-se de uma forma de garantir os objetivos e planos elaborados em relação a áreas específicas de operação da empresa sejam viáveis e internamente coerentes.

O planejamento financeiro é desenvolvido fundamentalmente por meio de projeções da estimativa mais aproximada possível da posição econômico-financeira esperada.

Ou seja, é analisado o ambiente, o momento e o mercado que a empresa está inserida, realiza-se uma pesquisa das futuras mudanças nessa área. Com a pesquisa o plano financeiro é realizado com previsões daquilo que pode acontecer com o caixa da empresa em um determinado tempo futuro.

Mas como ponto principal de um planejamento financeiro é o fato dele obrigar a administração a refletir sobre os objetivos e fixar prioridades talvez seja o mais importante resultado do processo. E com tudo isso é possível observar pontos que vão melhorando dentro da empresa.

Como por exemplo: uma saúde da empresa mais garantida, os lucros sobre investimentos aumentados, as tomadas de decisões serão baseadas em informações que as organizações dos controles internos ofereceram e um controle dos dados financeiros preparado para ter uma análise de pontos como capital de giro.

O que o plano financeiro resolve?

Muitos problemas de natureza financeira são resultados de decisões tomadas sem planejamento de algumas delas. Como os investimentos na expansão do negócio e substituição de equipamentos antigos sem planejamento prévio.

As consequências de decisões sem planejamento financeiro podem tomar um rumo que pode levar a consequências irreparáveis.

Um exemplo prático e atual disso é um investimento de todo o caixa da empresa na compra de um material novo que não será utilizado no momento e de repente ter que fechar as portas devido a uma pandemia.

Em um caso desse a empresa não tem como se manter com as contas e dívidas que ela pode gerar e consequentemente o falimento.

As decisões que podem ser levadas em consideração que o plano financeiro pode influenciar pode se dividir em dois pontos, decisões positivas para a empresa e decisões negativas.

Algumas das decisões positivas que podem ser levadas em consideração quando se tem um plano financeiro:

  • Redução de estoques de materiais ou de mercadorias (estoques excedentes);
  • Diminuir os prazos de recebimentos de vendas;
  • Ações efetivas de cobrança e melhoria no crediário para reduzir os valores em atrasos com as vendas a prazo;
  • Aumento de prazos para pagamentos aos fornecedores;
  • Entrada de novos recursos no caixa;
  • Vendas de equipamentos ociosos.

E alguns exemplos de decisões negativas, com o aumento de:

  • Estoques, devido a compras excessivas ou quedas nas vendas;
  • Prazos de vendas, com financiamentos da própria empresa;
  • Atraso dos clientes;
  • Compras à vista;
  • Tempo de fabricação;
  • Retiradas de recursos para aplicações em outras atividades;
  • Retiradas pelos sócios, que reduz os lucros mensais.

Em resumo, o plano financeiro é capaz de trazer subsídios e dar mais segurança na tomada de decisões durante o dia a dia da empresa. Além de trazer insumos de como o caixa da empresa pode estar em momentos futuros e ferramentas de manter o controle de todos os gastos e os lucros.

Conclusão

Ser pego de surpresa por uma epidemia pode ser muito prejudicial a uma empresa que está despreparada. Realizar um plano financeiro é uma das maneiras de conseguir contornar esses eventuais casos e ainda assim uma oportunidade de crescer bastante no mercado que está entrando em crise.

Agende uma conversa e comece a ter profissionais trabalhando para o seu sucesso.